Indústria

Milan e Inter de Milão apresentam projeto bilionário para novo estádio

Clubes desejam transformar o local em um centro vital de cidadania, com espaços de entretenimento, comércio e prática esportiva

11 jul, 2019

O AC Milan e a Inter de Milão apresentaram oficialmente o projeto para a construção de um novo estádio que será erguido em San Siro. O “Projeto de Viabilidade Técnica Econômica” é considerado o primeiro passo oficial dos clubes para iniciar a construção do local.

Mais do que um estádio, os clubes desejam erguer um centro vital de cidadania, com espaços de entretenimento, comércio e prática esportiva para uso nos 365 dias do ano e previsão de geração de mais de 3.5 mil empregos. A arena, que terá capacidade para 60 mil pessoas, deve custar aos cofres € 1.2 bilhão. Para os rivais da capital italiana, ele será essencial para trazer o futebol de Milão para a elite do futebol mundial.

“O AC Milan e o Inter apresentaram na câmara de Milão o projeto para o novo estádio e as suas multifunções. Esta proposta marca o primeiro passo dos dois clubes nesta caminhada partilhada com o município para a construção de um moderno, sustentável e acessível estádio de classe mundial no distrito urbano de San Siro”, destaca parte do comunicado.

Os custos das obras serão financeiros pelos clubes, que terão um direito de uso válido por 90 anos. Ainda não se sabe o tempo que levará para a nova arena ficar pronta. No entanto, o Milan já deixou claro seu desejo de iniciar a temporada 2023/2024 em um novo lar. Vale lembrar que a cerimônia de abertura das Olimpíadas de Inverno de 2026 está marcada para acontecer no próprio San Siro. Resta saber em quais condições ele estará.