Patrocínio

Guaraná Antarctica une corintianas e palmeirenses em partida da seleção

Parceira da CBF, marca ratifica foco em impulsionar o futebol feminino no país

30 ago, 2019

O Guaraná Antarctica aproveitou a estreia da seleção brasileira de futebol feminino no Torneio Uber Internacional Feminino de Seleções para promover uma ação envolvendo dois clubes rivais. Torcedoras de Corinthians e Palmeiras deixaram de lado a rivalidade e torceram juntas pelo time que goleou a Argentina por 5 a 0 na estreia da técnica sueca Pia Sundhage.

Inicialmente, a iniciativa foi promovida nas redes sociais, com a concentração conjunta do Movimento Alvinegras (Corinthians) e do Verdonnas (Palmeiras) marcada na porta do Estádio Pacaembu uma hora e meia antes da partida.

“O Guaraná Antarctica convidou a gente para acompanhar a seleção junto com a torcida do Palmeiras. Foi muito bacana. A gente entende que a equipe feminina precisa da gente acima de qualquer rivalidade. Elas passam por um momento de transição importante, o futebol feminino vem crescendo cada vez mais. Então, é importante a gente apoiar. Entendemos que é bom estar juntas nesse momento, independentemente do time que torcemos. Essa iniciativa é muito importante”, disse Alana Takano, do Movimento Alvinegras.

“O Guaraná Antarctica nos convocou e foi muito legal. Acreditamos muito nessa união das mulheres. Foi uma iniciativa muito legal, topamos de cara. Rivalidade nessa hora não importa. Em termos de futebol feminino, a gente sabe que é fundamental essa união. O futebol feminino precisa ser muito maior”, comentou Tainá Shimoda, do Verdonnas.

“A parceria com o Guaraná Antarctica começou na Copa do Mundo, e estamos muito felizes de ver a marca apoiando não apenas a seleção mas o futebol feminino como um todo. Mais de 150 participantes do projeto aceitaram a convocação do Guaraná pelas redes sociais e vieram ao Pacaembu torcer pelo Brasil”, detalhou Nayara Perone, idealizadora do projeto Joga Miga, uma iniciativa que incentiva meninas a jogarem futebol em todo o país, que também marcou presença no Pacaembu.

“O Guaraná Antarctica sempre apoiou as seleções, feminina e masculina, de todas as categorias. Somos uma marca que apoia tudo o que dá orgulho para o brasileiro. E estamos ansiosos acompanhando as evoluções e conquistas do futebol feminino. Então, para esse jogo, queríamos mostrar que qualquer rivalidade pode ficar de lado em torno de algo especial, como a equipe brasileira”, finalizou Daniel Silber, gerente de marketing do Guaraná Antarctica.

Patrocinador seleções brasileiras masculina e feminina de futebol desde 2001, Guaraná Antarctica renovou o acordo recentemente por mais oito anos. Desde então, a marca tem valorizado o futebol feminino. Em maio, a empresa criou uma campanha que contou com a atacante Cristiane, a meia Andressinha e a lateral-direita Fabi Simões. Foi a primeira peça publicitária da história em que apenas jogadoras do time brasileiro foram retratadas.