Patrocínio

Parceria entre Corinthians e BMG tem resultados baixos

Clube espera ter 200 mil contas abertas, mas até o momento apenas 16 mil estão ativas

13 ago, 2019

Frustrante. Este pode ser o adjetivo para a parceria entre o Corinthians e o Banco BMG, patrocinador master do clube. Segundo matéria do jornalista Jorge Nicola, pouco mais de 16 mil contas foram abertas até o momento. Um número baixo, já que este é um indicador importante para aumentar o lucro.

O presidente Andrés Sanchez anunciou no passado que espera alcançar a marca de 200 mil correntistas. O valor fixo de patrocínio é de R$ 12 milhões e, para ganhar mais dinheiro, é necessário alcançar pelo menos 60 mil contas abertas. O acordo garante ao Corinthians 50% do lucro obtido com o produto Meu Corinthians BMG.

Dirigentes alvinegros dizem que a baixa adesão é por conta da demora no lançamento do programa. A parceria foi anunciada em março, mas as contas só começaram a ser abertas em maio. Ou seja, o tempo passou e o Timão perdeu uma oportunidade de alavancar o número de correntistas.

Internamente, a aposta na torcida. Com a Caixa o Corinthians faturava R$ 30 milhões por temporada, número muito maior ao acordo atual. Agora, depende do apoio da Fiel para conseguir superar este número.