Atletas

De olho em Tóquio, empresas buscam atletas olímpicos para motivar funcionários

Iniciativa ‘‘Palestra de Atleta’’ reúne mais de 30 profissionais do esporte

26 set, 2019

Trabalhar com o que ama é um dos ingredientes para o sucesso, e, para os grandes nomes do mundo empresarial, além da paixão como combustível principal, é preciso dedicação e persistência para atingir resultados.

Desde a infância, o esporte é utilizado de forma lúdica para transmitir lições e valores como respeito, foco e disciplina, que podem ser aplicados à carreira e aos negócios. Foi a partir desse princípio que o empresário Ricardo Oliveira criou a ‘‘Palestra de Atleta’’, empresa que reúne mais de 30 profissionais esportivos – entre atletas e ex-atletas – com objetivo de motivar e transformar equipes de trabalho com base em suas conquistas.

“Os atletas de alto rendimento têm suas imagens ligadas à qualidade de vida e atributos como força, habilidade, velocidade e resistência, que servem de motivação a qualquer pessoa. Nas palestras, eles associam suas conquistas, títulos e medalhas com o sucesso profissional, fazendo um paralelo com os desafios do dia a dia que o universo corporativo traz”, disse Ricardo em entrevista ao MKTEsportivo.

Entre o time de palestrantes, estão atletas olímpicos como Diego Hypólito (ginástica), Rafael Silva (judô), Adriana Silva (maratona) e Poliana Okimoto (maratona aquática), e atletas paralímpicos como Clodoaldo Silva (natação), Dayanne Silva (natação), Maurício Pommê e Gustavo Carneiro (tênis em cadeira de rodas), que abordam temas como concentração, planejamento, superação e resiliência, exemplificando os desafios que a carreira esportiva traz e associando ao mundo corporativo.

Gigantes do mercado como IBM, AMBEV e SESC buscaram palestrantes esportistas com o objetivo de oferecer uma abordagem diferente aos seus funcionários sobre temas comuns no mundo corporativo, como processos, prazos e resultados, com intuito de motivar, melhorar o rendimento pessoal, a qualidade do trabalho e o engajamento de clientes. A Ajinomoto do Brasil, por exemplo, lançou o ‘’Projeto Vitória’’, que conta com um time de atletas e paratletas com o objetivo de apoiar o esporte brasileiro e oferecer suporte nutricional, ação que agrega valor à marca corporativa.

“As empresas têm procurado cada vez mais atletas paralímpicos, que, além de falarem da trajetória vitoriosa no esporte, contam como superaram obstáculos na vida pessoal. É uma grande oportunidade para marcas que querem falar de alta performance, diversidade e inclusão, agregando valor à instituição”, concluiu Ricardo.