Patrocínio

Federação inglesa multa Huddersfield após ação com Paddy Power

Clube terá que pagar £ 50 mil após utilizar uma camisa que violou as regras de publicidade do futebol inglês

6 set, 2019

O Huddersfield Town foi multado em £ 50 mil pela Football Association, órgão que controla o futebol da Inglaterra, após utilizar uma camisa que violou o regulamento de publicidade imposto pelo futebol inglês.

A ação em questão, que foi adiantada pelo MKTEsportivo, foi criada pela Paddy Power para chamar a atenção do público. À época, ao recém-chegar ao Huddersfield, a empresa colocou o seu nome em uma grande faixa transversal na camisa para uma amistoso de pré-temporada.

Na verdade, tudo não passou de uma ação de emboscada. Após a ampla repercussão na mídia, a Paddy Power anunciou que não iria estampar sua marca no uniforme do Huddersfield. A iniciativa, batizada de ‘Save Our Shirt‘ (‘Salve sua camisa’, em tradução livre), visa devolver o manto ao seu verdadeiro dono: o torcedor. A empresa pediu às marcas, incluindo as casas de apostas, que parem de patrocinar camisas de futebol.

A FA multou a equipe pois ela excedeu o tamanho de 250 centímetros quadrados imposto pelo regulamento. No dia da partida, a entidade chegou a avisar o clube antecipadamente sobre uma possível punição pela exposição grotesca da marca. No entanto, o presidente do Huddersfield, Phil Hodgkinson, comentou que o patrocinador ameaçou processar a equipe caso não a usasse. Além disso, Hodgkinson acreditava que tais regras não valiam para amistosos.

Ao se posicionar, a Paddy Power comparou a multa de £ 50 mil aplicada ao clube com a multa de £ 10 mil concedida ao Millwall por cantos racistas durante uma partida contra o Everton, pela FA Cup.