Indústria

Fundador do Alibaba torna-se proprietário único do Brooklyn Nets

Joseph Tsai possuía 49% das ações da franquia

19 set, 2019

O Conselho de Administração da NBA aprovou por unanimidade a venda do Brooklyn Nets ao co-fundador do Alibaba, Joseph Tsai. O magnata chinês comprou os 51% restantes que ainda não possuía do bilionário russo Mikhail Prokhorov. O acordo envolve também o Barclays Center.

Para ter o ginásio da equipe, Tsai adicionou US$ 1.15 bilhão ao negócio, firmado por um total de US$ 3.5 bilhões (incluindo dívidas).A transação faz o Nets assumir a liderança das equipes mais cara da história dos esportes profissionais nos EUA. Com o negócio, a franquia passa a ser avaliada em US$ 2.35 bilhões.

“Com a propriedade total do Nets e Barclays Center, continuaremos trazendo nossa emocionante marca de basquete para nossos fãs. Assumimos um forte compromisso com o Brooklyn e será um privilégio apresentar o melhor do Barclays Center com seu ótimo entretenimento para nossa comunidade”, comentou Tsai.

“Estamos empolgados com o fato de Joe Tsai estar se tornando o principal proprietário do Brooklyn Nets. Além de ser um fã apaixonado de basquete, Joe é um dos pioneiros na internet, mídia e comércio eletrônico da China, e sua experiência será inestimável nos esforços da liga para aumentar o jogo na China e em outros mercados globais”, disse o comissário da liga, Adam Silver.

Como parte da negociação, o ex-presidente da Turner, David Levy, foi nomeado diretor executivo do Nets e do Barclays Center. Ele também atuará como presidente da J Tsai Sports, o braço esportivo controlado por Tsai, e ingressará no escritório da família do chinês como um parceiro de risco que supervisiona os investimentos globais em esportes, mídia e entretenimento.

O Brooklyn Nets será mais um ativo esportivo do portfólio de Tsai. Por meio da J Tsai Sports, ele possui participações no New York Liberty (WNBA), no Los Angeles FC (Major League Soccer), em equipes e na principal liga de lacrosse, além de empresas de tecnologia na América do Norte e Ásia.