Patrocínio

Manchester City polemiza ao fechar com sabão em pó para equipe feminina

Nas redes sociais, torcedores afirmaram que o patrocínio é sexista, estereotipado e um retrocesso para a modalidade

6 set, 2019

O Manchester City anunciou, nesta quinta-feira (5), um acordo com a marca de sabão em pó Dylon, de propriedade da Henkel, para o time feminino. A equipe promoverá a nova linha Colour Catcher, que traz tecnologia antitransferência para ajudar a economizar tempo e dinheiro, permitindo cargas de lavagem de cores misturadas e reduzindo a necessidade de separar as roupas.

A parceria contempla inserções nas plataformas de mídia digital e social, assim como na TV, com campanhas com as jogadoras Steph Houghton, Demi Stokes e Jill Scott. A linha Colour Catcher ainda terá animação em LED e ativação no Etihad Stadium durante o clássico contra o Manchester United, marcado para amanhã, válido pela Women’s Super League (WSL).

“Estamos muito satisfeitos por trabalhar com uma marca tão confiável e conhecida, e esperamos que este seja o começo de uma jornada longa e bem-sucedida para ambas as partes”, comentou Gavin Makel, diretor de futebol feminino do Manchester City.

“Todo mundo é multifacetado e tem vários hobbies e paixões fora do horário comercial. Que melhor maneira de reforçar isso do que fazer parceria com o clube de futebol feminino do Manchester City para mostrar as jogadoras e suas diferentes paixões? Estamos empolgados por trabalhar com a equipe nas próximas temporadas. De fato, não poderia haver um momento melhor para essa colaboração, principalmente por trás dos sucessos dessas jogadoras no cenário internacional”, destacou Nikki Vadera, diretora de marketing da Dylon e da linha Colour Catcher.

Na Inglaterra, o novo patrocínio não caiu bem. Nas redes sociais, diversos torcedores do clube, de ambos os sexos, criticaram o acordo. “Existe patrocínio de sabão em pó para o time masculino também?”, postaram alguns usuários. Há quem tenha divulgado que a parceria é sexista, estereotipada e um retrocesso para o futebol feminino.

Apesar da polêmica, o Manchester City tem se destacado pelo seu pioneirismo dentro do futebol feminino inglês. Em 2018, o clube largou na frente ao fechar um patrocínio para as mangas da camisa com a Qnet. Na semana passada, o mesmo foi renovado até 2024.