Indústria

Adidas fecha com laboratório e testará produtos no espaço

Marca alemã será a primeira da história a levar inovações em calçados em condições extremas do espaço

6 nov, 2019

A Adidas anunciou uma parceria com o Laboratório Nacional dos EUA, da Estação Espacial Internacional (ISS, em inglês), gerenciado pelo Centro para o Avanço da Ciência no Espaço (CASIS, em inglês), para explorar os limites da inovação, desempenho humano e sustentabilidade.

Pelo acordo, a Adidas trabalhará em conjunto com o laboratório para melhorar o design e a engenharia de produtos feitos para atletas na terra firme e também no espaço (acredite!). Com o uso de tecnologias desenvolvidas pela NASA, a marca alemã será a primeira da história a testar inovações em calçados em condições extremas do espaço.

A empresa concentrará seus esforços na tecnologia Boost, que está programada para ser testada sem a presença da gravidade, o que pode influenciar o desempenho e o conforto dos modelos existentes e aprimorar a inovação de novos produtos. Além disso, as bolas de futebol da marca, que são vistas nos gramados da Copa do Mundo e Champions League já estão sendo testadas em uma série de experimentos que visam explorar o entendimento da trajetória após o chute em condições de microgravidade. A profundidade na aerodinâmica esférica permitirá maior liberdade de design para a forma e textura do painel.

“Trabalhar com o Laboratório Nacional dos EUA, da Estação Espacial Internacional, que é gerenciado pelo CASIS, uma das instituições mais avançadas do mundo, ajudará a Adidas a estabelecer novos padrões em inovação de desempenho. Essa parceria não apenas nos permite cocriar melhorias no desempenho esportivo mas também explorar processos e design que possam ser aplicáveis aos esforços dedicados da Adidas em sustentabilidade”, disse James Carnes, vice-presidente de estratégia de marca da Adidas.

“As condições únicas do espaço fornecem o ambiente ideal para descobrir o desconhecido. Por exemplo, a microgravidade é a única condição na qual podemos observar experimentos específicos, como o comportamento de uma bola de futebol girando sem interromper o fluxo de ar e os apoios externos, mantendo-a no lugar. O controle de certas variáveis ​​nos permite realizar testes e coletar insights que não são possíveis na Terra”, completou Christine Kretz, vice-presidente de programa e parcerias do Laboratório Nacional dos EUA da Estação Espacial Internacional.

Nas próximas fases da parceria, a Adidas planeja pesquisar elementos como desempenho humano e sustentabilidade, aproveitando o Laboratório Nacional da ISS. As descobertas do extenso treinamento físico desenvolvido para que os astronautas consigam suportar as condições mais adversas também podem permitir que a Adidas aplique possíveis aprendizados aos atletas.

A Adidas enviará calçados com a tecnologia Boost exclusivos para o Laboratório Nacional da ISS a bordo de uma futura missão de carga da SpaceX, com os testes começando em 2020. Os astronautas a bordo da estação farão experimentos sem a gravidade da Terra para descobrir se é possível produzir as entressolas Boost com diferentes tamanhos de partículas, algo que os cientistas teorizam que poderia otimizar o desempenho e o conforto dos calçados.