Indústria

The Timezone | Heineken quer fãs brasileiros vivendo no fuso horário europeu

Cervejaria encontra solução para um problema do brasileiro fã do torneio: os jogos acontecem enquanto muitos trabalham

8 maio, 2017

Como de costume, a Heineken, icônica patrocinadora da UEFA Champions League, lançou uma campanha sensacional para ativar o torneio. O pontapé inicial começa com um pedido aos fãs brasileiros: seguir o fuso horário europeu para assistirem aos jogos ao vivo.

Por meio de social listening, a marca identificou que muitos brasileiros enfrentam barreiras quando se trata acompanhar as partidas da Champions ao vivo: os jogos acontecem enquanto muitos trabalham. Desta maneira, resta assistir alguns lances pelo celular ou através de ‘minuto a minuto’ disponibilizado por portais especializados.

[Adquira aqui] Curso Online MKT Esportivo para Iniciantes

Pensando nisso, a Heineken lançou o The Timezone, a história de dois funcionários que, ao serem flagrados pelo RH de sua empresa assistindo a uma das partidas da UCL em seus computadores, passam por um momento de tensão quando são convocados para uma conversa com o diretor do RH.

Já prevendo o pior, ambos foram surpreendidos com o convite da Heineken para viverem um dia no fuso horário da Europa, assim conseguiriam acompanhar um jogo do campeonato. Para isso, eles precisam demonstrar seu amor pelo futebol e passar por desafios como acordar de madrugada, almoçar cedo e terminar o trabalho antes do horário do jogo. No final, os felizardos são surpreendidos por Deco, embaixador da marca, que os premia por conseguirem superar por todo os desafios.

A The Timezone faz parte da campanha 2017 da Heineken para ativar o seu patrocínio à UEFA Champions League.