Indústria

Adidas supera Air Jordan e torna-se a segunda marca esportiva dos Estados Unidos

Estudo da NPD Group aponta que a marca alemã agora possui 13% do mercado norte-americano

19 set, 2017

Um momento histórico na indústria esportiva. De acordo com o NPD Group, uma empresa de pesquisa de mercado que acompanha, entre outros quesitos, as vendas nas lojas de calçados, a Adidas ultrapassou a Air Jordan e assumiu a vice-liderança do mercado de tênis esportivos nos Estados Unidos.

Pelos dados coletados, a alemã agora possui 13% do setor no país, mais do que o dobro do que detinha em 2016 e 1.7% superior ao registrado em junho deste ano. Os relatórios de vendas colocam modelos como o Tubular Shadow e Superstar como dois dos mais vendidos em agosto.

Líder absoluta, a Nike detém cerca de 44% de participação no mercado norte-americano. O abismo em relação a segunda colocada talvez seja explicado por também agregar no seu número a marca de Michael Jordan e a Converse. Em 2014, o swoosh detinha 60%. Em agosto, a partir dos seus investimentos no basquete e a venda de divisões que davam prejuízo aos seus cofres, a Adidas cresceu mais de 40%. No mesmo período, a Nike declinou e a Air Jordan perdeu cerca de um terço de suas vendas.

adidas_tubular

Especialistas do mercado de Sneakers colocam como principal motivo do declínio da Nike sua falta de entusiasmo para calçados de basquete e corrida, até então modalidades essenciais para os seus negócios. Sobre a Air Jordan, os fãs alegam que a marca lançou muitos modelos nos últimos dois anos, perdendo sua essência de peças de coleção e voltadas para uma fatia especial do mercado.

De acordo com o Matt Powell, responsável pela NPD Group, o crescimento da popularidade da Adidas pode ser explicado também pelo seus estilos clássicos, como o já citado Superstar (o mais vendido de 2016) e Stan Smith. Há ainda um outro pilar comercial fundamental para a popularidade e expansão: Kanye West. O Yeezy Boost, linha de tênis exclusiva do rapper na empresa, teve um efeito imediato no crescimento da alemã e passou a ser um modelo altamente concorrido entre os jovens. Como se sabe, ele é sempre lançado com uma edição limitada de pares.

Apesar do cenário, a Nike ainda é claramente a rei da indústria esportiva dos Estados Unidos. Entretanto, diminui a cada ano a ampla distância que existia para a agora vice-líder Adidas. Colocar a Air Jordan no fornecimento de material esportivo do Charlotte Hornets é parte da estratégia da norte-americana de retomar o seu espaço e desbancar sua concorrente. A presença do swoosh na NBA poderá ser um aliado fundamental para que a marca de Michael Jordan ganhe um novo impulso e volte a desbancar a concorrente.

kanye-west-adidas-history-00