Atletas

Marouane Fellaini processa New Balance por……prejudicar o seu desempenho

Belga alega que a “fraca qualidade” das chuteiras da marca era a principal culpada pelas suas sucessivas lesões no pé

7 nov, 2017

Em 2013, a New Balance agitou o mercado da bola europeu ao anunciar um time de embaixadores formado por Vincent KompanyFernando, Samir Nasri, Jesus NavasAdnan Januzaj, Álvaro NegredoAaron RamseyMarouane Fellaini. Quatro anos depois, a marca já sentiu algumas baixas, como a não continuidade dos dois últimos jogadores citados. Pior: ela está sendo processada pelo meia do Manchester United.

Na semana passada, Fellaini entrou na justiça contra a empresa exigindo uma indenização de £ 2.1 milhões por considerar que a “fraca qualidade” das chuteiras que eram entregues à ele era a principal culpada pelas “lesões consideráveis” no seu pé e “prejudicavam o seu desempenho“. O belga foi além ao afirmar que os profissionais do Manchester United precisavam “costurar e esticar” seus calçados antes de entrar em campo.

Com contrato válido até o final de 2017, Fellaini decidiu abrir mão do último ano de parceria com a New Balance, deixar de embolsar £ 600 mil e assinar com a Nike, sua atual patrocinadora de material esportivo.

Em sua defesa, a marca apresentou ao tribunal documentos nos quais Fellaini descrevia as chuteiras como “perfeitas“, além de um pedido formal do próprio jogador para receber mais doze pares da mesma.

Fellaini-New-Balance