Atletas

Neo Química e Ronaldo investem em talentos do futebol das periferias de SP

Marca e ex-jogador promoveram a final da Taça Neo Química no último domingo

12 dez, 2017

A Neo Química promoveu, em parceria com a agência Octagon e a Fundação Fenômenos, do ex-jogador Ronaldo, a Taça Neo Química, torneio sub-13 com times de periferias de São Paulo. A final foi disputada no último domingo, no Jd Irene – bairro do ex-jogador Cafu.

Ao todo, 16 equipes das quatro regiões da cidade foram convidadas para as fases preliminares. Os dois melhores jogadores, escolhidos por avaliação técnica de Ronaldo e Fundação Fenômenos, receberão patrocínio da Neo Química e do ex-jogador para seu desenvolvimento no futebol.

 “Neo Química acredita no esporte como uma das ferramentas para alcançar sua missão de promover acesso à saúde e bem-estar às famílias brasileiras. Nesse contexto criamos a Taça Neo Química, em parceria com Ronaldo e sua Fundação, projeto de inclusão social que visa identificar e investir nos novos talentos do futebol. Os dois meninos escolhidos terão acompanhamento esportivo e educacional nos próximos anos”, afirma Vivian Angiolucci, Diretora Executiva de Neo Química.

Para Ronaldo, dar oportunidade a jovens talentos tem um papel social importante. “Eu vejo o quanto esse tipo de iniciativa é importante. Eu passei por isso, joguei na várzea e tinha o sonho de me tornar um grande jogador. Existem muitos talentos esperando uma oportunidade e o esporte é um meio de inclusão em todas as classes sociais. Quem sabe algum deles não será o Ronaldo de amanhã? Eu quase desisti da minha carreira, pois não tinha dinheiro pra condução. Foi uma época difícil. Torneios como esse não apenas incentivam a prática esportiva como alimentam sonhos”, conta.