Indústria

Por receita e visibilidade, Coritiba fecha com a Globo para o Paranaense 2018 e 2019

Com apenas regional, Copa do Brasil e Série B no calendário, Coxa optou pela vitrine. Atlético-PR segue sem acordo

10 jan, 2018

O fator visibilidade em um ano que estará na segunda divisão do futebol brasileiro pesou e o Coritiba acertou com a RPC, afiliada Globo no Paraná, a venda dos seus direitos de transmissão do Campeonato Paranaense. O contrato será válido para as edições 2018 e 19.

Segundo o UOL, o Coxa receberá o mesmo montante que o Paraná Clube, cerca de R$ 600 mil por cada temporada. No ano passado, juntamente com o Atlético/PR, o clube chegou a rejeitar uma proposta de R$ 1 milhão e disponibilizou a transmissão do Atletiba apenas na internet. Como o Atlético (ainda) não se acertou com a RPC, o clássico, como as demais partidas do Furacão, não será transmitido pela televisão.

Ainda de acordo com o portal, o Paranaense 2018 não terá pay-per-view, algo já fechado com a Globosat mesmo antes do novo posicionamento do Coritiba. Na edição 2017, além das partidas do meio do campeonato, as finais também estiveram apenas no YouTube e Facebook.

coritiba-2018-2019-globo