Atletas

Usain Bolt fecha com time da Unicef para amistoso de caridade no Old Trafford

Jamaicano será estrela do Soccer Aid, uma partida amistosa promovida pela Unicef e que terá como palco o estádio inglês

27 fev, 2018

Nem Borussia Dortmund, nem Manchester United e muito menos AC Milan (como especularam em nossas redes sociais pelo futuro contrato com a Puma). O anúncio de que havia assinado com um clube de futebol feito por Usain Bolt, na verdade, trata-se de uma boa causa.

O ex-velocista jamaicano foi apresentado como “capitão” do time de embaixadores mundiais do Soccer Aid, uma partida amistosa promovida pela Unicef e que terá como palco o lendário Old Trafford, casa do Manchester United. Além da relevante causa envolvida, o jogo servirá para realizar um dos sonhos de Bolt, que era atuar no gramado do estádio.

Num vídeo postado em seus perfis nas redes sociais, Bolt e o cantor britânico Robbie Williams brincam com a divulgação da partida, que arrecada fundos para trabalhos da organização. O jogo, que em 2017 foi vencido pelo
combinado inglês capitaneado pelo cantor, será realizado no dia 10 de junho, poucos dias antes da abertura da Copa do Mundo da Rússia.

Na noite de ontem, as especulações de que o jamaicano atuaria profissionalmente aumentaram quando o Mamelodi Sundowns, clube da África do Sul que Bolt treinou no começo do ano, publicou uma foto do medalhista olímpico com a camisa do time dizendo que haveria um grande anúncio a ser feito no dia seguinte. A Puma, patrocinadora de ambos, reproduziu o conteúdo em seu perfil no Twitter e ampliou o alcance da notícia.

Desde o seu lançamento em 2006, o Soccer Aid arrecadou £ 24 milhões para ajudar as crianças. A partida já contou com grandes nomes da bola e do entretenimento, como Will Ferrell, Jack Whitehall, Maradona, Zinedine Zidane, Ronaldinho Gaúcho, entre outros.