Patrocínio

Pioneiro na Inglaterra, Arsenal desembarca no segmento de veículos elétricos

Acordo com a BYD Auto foi negociado na última pré-temporada do clube realizada na China

24 abr, 2018

Com o ambiente agitado após o anúncio da saída de Arsène Wenger ao final da atual temporada, o Arsenal não deixou de lado os esforços comerciais em prol de sua imagem e anunciou uma parceria global com a fabricante de veículos elétricos BYD Auto.

O acordo, negociado durante a turnê de pré-temporada do clube em Xangai e Pequim no ano passado, colocará a chinesa como parceira oficial de carros e ônibus dos Gunners.

A BYD, que fornece ônibus de um e dois andares para a Transport for London, desfrutará de exposição uma série de plataformas de marketing, como sinalização luminosa em LED e marcas nos assentos do Emirates Stadium. A empresa ainda poderá utilizar as lendas do Arsenal, como Freddie Ljungberg, Gilberto Silva, Ray Parlour e Sol Campbell para eventos promocionais em território chinês.

Além disso, profissionais do clube inglês estarão em estreita colaboração com a BYD para oferecer experiências exclusivas para os clientes da empresa. Isso envolverá também iniciativas nas páginas oficiais do Arsenal nas redes sociais. Na chinesa Weibo, por exemplo, são mais de 4.7 milhões de seguidores.

“Estamos orgulhosos em nos tornar o primeiro clube da Premier League a entrar em uma parceria global de veículos elétricos, e a fazê-lo com uma das maiores e mais conhecidas empresas da China”, comemorou Vinai Venkatesham, diretor comercial do Arsenal. “Os veículos elétricos estão destinados a formar uma grande parte do nosso futuro de transporte, por isso estamos muito satisfeitos em receber o líder mundial neste campo em nossa família de parceiros oficiais”, completou.

“O Arsenal é muito rico em história e é um dos clubes de futebol mais populares entre os fãs chineses”, acrescentou Sherry Li, diretora de relações públicas e de marca da BYD. “Esta parceria mostra que a BYD, o Arsenal e sua base de fãs global acreditam em um futuro mais verde e que o acordo nos ajudará a construir nosso nome aqui na China e em todo o mundo”.

Trata-se do primeiro acordo de um membro da Premier League com uma marca do setor de veículos elétricos. A duração e os termos financeiros do contrato não foram divulgados.