Indústria

Mediapro e YouTube levarão Campeonato Brasileiro para 27 países

Acordo é anunciado na mesma semana que a BR Newmedia comprou os direitos internacionais do torneio de 2019 a 2022

18 maio, 2018

Dona dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro para a Espanha, a gigante Mediapro fechou uma parceria com o YouTube para levar o principal torneio de clubes do Brasil para vinte e sete países, entre Europa, Ásia e Oceania.

Com o acordo, o Brasileirão terá um canal específico e chegará para França, Holanda, Suíça, Romênia, Hungria, República Tcheca, Eslováquia, Estônia, Letônia, Lituânia, Bulgária, Bielorrússia, Moldávia, Ucrânia, Rússia, Mongólia, Malásia, Brunei, Taiwan, Tailândia, Camboja, Laos, Birmânia, Filipinas, Austrália e Nova Zelândia. Em território espanhol, a Mediapro transmite os jogos através do beIN Sports, seu canal pago que inclui o futebol internacional e a Champions League. Para o torneio do nosso país, o YouTube oferecerá mais de 110 partidas ao vivo, além de melhores momentos.

Sobre esta espécie de “internacionalização” do Brasileirão, nesta mesma semana, a desconhecida BR Newmedia acertou a compra dos direitos para a comercialização de placas de publicidade e transmissão internacional do torneio entre 2019 e 2022. Partindo do nacional, o objetivo da empresa é investir em streaming a partir de eventos esportivos.

O acordo, que será oficializado em breve, será de R$ 550 milhões por quatro anos, o que significa uma garantia de R$ 137.5 milhões por temporada. O valor será dividido igualmente entre os clubes que aceitarem o contrato, o que representaria quase R$ 7 milhões por equipe. Sabe-se que Corinthians e Flamengo não aceitaram as condições.

Para a BR Newsmedia, o custo desses direitos é de R$ 110 milhões por um contrato de quatro anos. Agora, a empresa partirá para comercializá-los no mercado global.