Patrocínio

Renault assume lugar da Citroën e torna-se o carro oficial do PSG

Segundo a empresa, a aliança terá como foco o digital e os 60 milhões de seguidores que o clube concentra em seus perfis

12 jul, 2018

O Paris Saint-Germain anunciou hoje uma parceria com a Renault válida pelas próximas três temporadas. Com a novidade, a montadora assume o lugar deixado pela Citroën em 16/17, confirmando assim uma troca de companhias do mesmo país na categoria ‘carro oficial’ do clube.

Pelo acordo, as partes afirmam que desenvolverão campanhas publicitárias e promocionais globais, combinando a paixão dos torcedores do PSG com a força da Renault como uma das principais marcas francesas em todo o mundo. Segundo a empresa, a aliança terá como foco o digital. Hoje, o clube francês concentra uma base de 60 milhões de seguidores em seus perfis oficiais nas principais plataformas.

“Estamos muito contentes que a Renault tenha escolhido o Paris Saint-Germain para marcar sua entrada no futebol e tenha orgulho em associar nosso clube a um dos líderes da indústria francesa. A Renault ocupará uma posição importante dentro do nosso programa de parceria. Estamos ansiosos para começar a trabalhar juntos e ver nossos jogadores participando das famosas campanhas “French Touch” da marca”, destacou Marc Armstrong, diretor de patrocínio do Paris Saint-Germain.

“Estamos muito satisfeitos em associar a marca Renault à do Paris Saint-Germain, que contribui para a influência de Paris e da França no mundo. Essa importante parceria nos oferece muitas oportunidades, tanto na França quanto internacionalmente, que beneficiarão nossos clientes e nossas redes de vendas”, afirmou Philippe Buros, diretor comercial da Renault França.

O acordo ratifica o PSG como um dos clubes que mais valoriza sua imagem nos últimos anos, tendo alcançando mais de US$ 1 bilhão em 2016/2017, de acordo com números da especializada Brand Finance.