Indústria

A ambiciosa meta da New Balance para os próximos cinco anos

Japão é considerado um dos grandes mercados da empresa e será fundamental para atingir o objetivo

14 ago, 2018

A New Balance anunciou esta semana sua previsão de vendas para os próximos cinco anos com uma meta ambiciosa: um crescimento de 10% ao ano. Se confirmada, a projeção faria com que a marca alcançasse US$ 7 bilhões em vendas anuais até 2023 e bateria gigantes como a Foot Locker. O CEO da marca, Rob DeMartini, reconhece que “não será fácil e sabemos que ninguém vai nos entregar isso, mas podemos chegar lá”.

Hoje, a New Balance figura como a terceira maior empresa do mundo na categoria de calçados de desempenho, atrás somente da Nike e adidas. Já no mercado de atletas em geral, ela está em quinto lugar, perdendo também para a Air Jordan e Skechers.




Uma dos pilares de crescimento da New Balance tem sido o Japão, onde a companhia é muito popular e figura como líder no setor de freestyle. Para Rob DeMartini, linhas retrô têm sido uma parte fundamental desse crescimento e o país asiático é parte integrante de sua estratégia por ditar tendências no mundo da moda. Vale lembrar que os produtos da marca são produzidos no Japão e, posteriormente, são enviados para os demais continentes.