Indústria

Espanha, Portugal e Marrocos podem se unir para sediar Copa de 2030

Se confirmada, candidatura seria a primeira da história a ter países de continentes diferentes

24 ago, 2018

Espanha, Portugal e Marrocos deverão fazer, em breve, um anúncio histórico para oficializar a candidatura conjunta para que sejam sedes da Copa do Mundo de 2030. Se o trio confirmar, será a primeira vez que países de dois continentes diferentes se unem em prol de um evento.

Segundo o canal de notícias marroquino Al Yaoum 24, o Marrocos acredita que pode ter mais chances caso se una à duas nações europeias. O país africano já tentou receber um Mundial em cinco oportunidades, sendo a última em 2026, mas acabou perdendo para a candidatura tripla formada por EUA, Canadá e México.

Importante destacar que, apesar de continentes diferentes, a logística não seria um entrave. A distância entre os territórios é de aproximadamente 14 quilômetros pelo Estreito de Gibraltar. Ainda que com menor chances de concretizar, a reportagem não descarta uma candidatura tripla africana, formada por Marrocos, Argélia e Tunísia.

A Copa do Mundo de 2030 tem tudo para ser histórica, afinal, a competição completará 100 anos. Argentina, Paraguai e Uruguai já confirmaram que farão uma candidatura tripla na América do Sul. Inglaterra e China deixaram claro que também poderão entrar na disputa.