Indústria

Amazon quer adquirir canais esportivos comprados da Fox pela Disney

Outros grupos de investimentos teriam feito sondagens e propostas iniciais para adquirir o pacote de 22 emissoras

21 nov, 2018

A Amazon pode dar mais um importante passo na indústria do esporte ao abrir o seu interesse em adquirir os canais esportivos locais que pertenciam à Fox e que a Disney comprou recentemente. De acordo com a CNBC, a gigante do e-commerce fez propostas por todas as 22 emissoras envolvidas na negociação entre os dois grupos de comunicação.

Há, no entanto, a possibilidade de uma negociação separada. O canal Yes, de Nova York, ainda tem 20% das ações ligadas ao Yankee Global Enterprises, grupo que controla os times New York Yankees, da MLB, e o New York City FC, da Major League Soccer. O Yes Network possui os direitos de transmissão de 44 equipes da NBA, da MLB, e da NHL. A Fox chegou a 80% da empresa em duas rodadas de negociação, em 2012 e 2014.

Além da Amazon, outros grupos de investimentos teriam feito sondagens e propostas iniciais para adquirir o pacote de 22 emissoras que eram da Fox e agora pertencem à Disney. Os valores dos canais não foram revelados.

Vale lembrar que durante este ano o grupo Disney adquiriu a Fox em uma negociação que chegou aos US$ 52.4 bilhões. Em junho, a Justiça dos Estados Unidos determinou que a companhia vendesse os canais esportivos locais para não concentrar as marcas do segmento (já que é dona da ESPN).

Caso concretize a compra, a Amazon daria seu maior passo no segmento esportivo, já que possui o streaming de partidas da NFL, lojas oficiais de clubes da Europa, além de séries e documentários exclusivos. Outros exemplos são o programa sobre automóveis “The Grand Tour”, a série “All or Nothing”, que segue o dia a dia do Arizona Cardinals e do Los Angeles Rams, da NFL, e os All Blacks, a seleção de rúgbi da Nova Zelândia, além da transmissão do Next Gen ATP Finals, evento que reúne os oito melhores tenistas da temporada até 21 anos.