Indústria

Com a Copa no Catar, como ficará o consumo de bebidas alcoólicas?

Por tradição local, o consumo em lugares púbicos já está vetado. Conflito de interesses poderá prejudicar a FIFA

17 dez, 2018

O consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos durante o período da Copa do Mundo do Catar estará proibido. Quem banca o veto é o secretário geral do Supremo Comitê Organizador do Mundial, Hassan Al Thawadi.

“Na rua, não. Em lugares públicos não se pode beber. Essa é nossa lei aqui”, confirmou durante entrevista coletiva depois do evento onde foi apresentado o projeto de desenho do Losail Iconic Stadium, sede da abertura e também final da Copa. “Há muitos países em que não é permitido beber algo enquanto está na rua. Mas o álcool, se você quiser hoje, pode beber. E por isso a bebida alcoólica existe aqui no Catar, mas não existe nos lugares públicos. Todas as pessoas que vierem ao Catar nos próximos anos, e em 2022, vão aproveitar. Não é preciso pensar em outras coisas e não precisa ter medo dessas coisas”, completou.

Para os mais animados que já planejam viajar ao país durante o Mundial de 2022, um alento. Al Thawadi afirmou que as bebidas serão vendidas em locais específicos durante o torneio, porém longe dos espaços públicos em respeito as tradições do país. Segundo os costumes locais, é uma ofensa consumir álcool em público. Por lá, ele só é vendido em hotéis licenciados.

Entretanto, o veto poderá gerar um conflito de interesse por parte da FIFA. Na Rússia, uma das empresas que mais se destacou foi a Budweiser, patrocinando, além da entidade, os melhores jogadores de cada partida. O conteúdo de entrega do prêmio a cada atleta foi o que mais gerou engajamento dos torcedores. Além disso, há o consumo dentro dos estádios e eventos oficiais, como as badaladíssimas Fan Fests. Sobre o assunto, o secretário geral limitou-se a dizer que será algo que as partes resolverão conjuntamente.

Por questões climáticas, a Copa do Mundo do Catar será disputada de 21 de novembro a 18 de dezembro de 2022.