Patrocínio

Com vendas baixas e dificuldade de distribuição, Carabao deixará o Flamengo

Empresa de energético assinou um parcelamento de dívida com o clube entre R$ 5 milhões e R$ 6 milhões

Com vendas baixas e dificuldade de distribuição, Carabao deixará o Flamengo

17 de dezembro de 2018

2 minutos de Leitura

Após dois anos de parceria, a Carabao irá romper o seu contrato de patrocínio com o Flamengo. De acordo com o Globoesporte.com, a empresa de energético assinou um parcelamento de dívida com o clube entre R$ 5 milhões e R$ 6 milhões. Desde o começo, a aliança entre as partes foi marcada por muitas promessas e pouca entrega.

No fim de 2017, a Carabao não conseguiu manter uma cláusula firmada em contrato. Se ela chegou para figurar na manga no primeiro ano, ficou acordado que, este ano, migraria para o espaço máster. Os valores eram de R$ 190 milhões por cinco anos de parceria.

No entanto, com vendas muito abaixo do esperado e dificuldades de distribuição no mercado brasileiro, a empresa tailandesa diminuiu o investimento para R$ 100 milhões e se manteve nas mangas do uniforme. Pelo novo contrato, a companhia pagaria R$ 10 milhões em 2018 e subiria os valores nos próximos anos. Sem sucesso, o acordo foi encerrado de maneira prematura.

Ciente das dificuldades de ganhar mercado no Brasil dada a forte presença de suas concorrentes, a empresa conviveu com a ruptura nas gôndolas, nem mesmo a exposição obtida com o Flamengo foi suficiente. Além disso, conseguir chegar em locais fora da cidade do Rio de Janeiro sempre foi o grande desafio da companhia.

Compartilhe