Indústria

Com nova recusa de executivo, Premier League volta ao mercado em busca de um CEO

Tim Davie, executivo-chefe da divisão comercial da BBC Studios, não aceitou o convite feito pela liga

17 jan, 2019

Após Susanna Dinnage desistir do cargo antes mesmo de assumir, a Premier League sofreu uma nova baixa. Tim Davie, executivo-chefe da divisão comercial da BBC Studios, recusou o convite da liga inglesa para substituir Richard Scudamore como CEO. De acordo com a BBC, o profissional optou por manter-se no seu atual cargo.

O motivo dado por Davie é o mesmo de Dinnage, que também não viu com bons olhos migrar para o futebol e deixar a Discovery, onde é presidente global do Animal Planet, neste momento.

Ouça o MKTEsportivoCast, o seu podcast oficial de marketing esportivo

Com ambas recusas, a Premier League volta ao mercado em busca de um executivo-chefe permanente. Hoje, o diretor Richard Masters está no cargo de maneira temporária.

Especula-se que Tom Betts, diretor de estratégia da ITV, que foi indicado ao lado de Davie em outubro como um potencial substituto para o Scudamore, possa ser o novo convidado. O comitê encarregado de escolher um substituto inclui Bruce Buck (presidente do Chelsea), Susan Whelan (CEO do Leicester City), Mike Garlick (presidente do Burnley), Claudia Arney (presidente interina da Premier League) e Kevin Beeston (diretor da liga).