Indústria

Afinal, quanto a CBS embolsou com anúncios no Super Bowl LIII?

Emissora obteve o terceiro maior faturamento da história da partida

5 fev, 2019

Pouco antes de iniciar o Super Bowl LIII, a CBS confirmou que havia vendido todos os espaços publicitários disponíveis no intervalo. Por 30 segundos, anunciantes desembolsaram aproximadamente US$ 5.3 milhões. Isso sem envolver os custos de produção, promoção e a possível contratação de celebridades.

Super Bowl – Por que as marcas investem alto no intervalo?

De acordo com a Kantar Media, a CBS gerou US$ 382 milhões em receita de anúncios durante o New England Patriots x Los Angeles Rams, o terceiro maior faturamento da história do evento. No total, foram 49 minutos e 45 segundos de comerciais, perdendo apenas para as duas últimas edições do Super Bowl. Do total, 37 minutos e 25 segundos foram utilizados por marcas que pagaram pelo espaço, com o restante do tempo sendo explorado pela própria CBS e a NFL.

No quesito visibilidade, o destaque ficou para a Anheuser-Busch Inbev, que adquiriu oito inserções da partida ao investir cerca de US$ 59 milhões. Amazon (US$ 25 milhões), e Alphabet, Deutsche Telekom e Toyota, todas com investimento de US$ 20 milhões cada, completam o TOP5.

O setor automobilístico ficou pelo décimo ano consecutivo no topo entre os que mais investiram na partida, com um total de US$ 66 milhões. Os anúncios de cervejas (US$ 54 milhões) e telecomunicações (US$ 46 milhões) fecham o pódio.

Como o MKTEsportivo destacou, o Super Bowl LIII pode ter tido a pior audiência dos últimos dez anos. De acordo com dados preliminares da Nielsen, a partida que culminou com o sexto anel de campeão para o New England Patriots atraiu 98.2 milhões de telespectadores na CBS, queda de 5% em relação ao registrado na edição passada (103.4 milhões). Trata-se, portanto, da menor audiência desde 2008 (97.4 mi) e a terceira vez no período que ela ficou abaixo dos 100 milhões de telespectadores. Em 2009, a média foi de 98.7 milhões.