Indústria

Facebook e Conmebol emitem nota e ratificam exclusividade na Libertadores

Rede social e entidade garantiram que o acordo assinado até 2022 não será alterado

27 mar, 2019

Diferentemente do que foi amplamente divulgado pela imprensa brasileira e argentina – e isso inclui o MKTEsportivo, o Facebook e Conmebol divulgaram comunicados para esclarecer que a rede social seguirá com os direitos exclusivos de transmissão dos jogos das quintas-feiras na Copa Libertadores até 2022.




“Estamos felizes com a colaboração com a Conmebol, que tem possibilitado a milhões de fãs em toda a região assistir aos jogos gratuitamente no Facebook Watch. E, embora mudanças possam gerar alguma resistência, somos encorajados não apenas pelo número de pessoas assistindo à Libertadores no Facebook Watch – mas pela forma como os torcedores estão se reunindo em nossa plataforma para interagir uns com os outros e participar das transmissões”, disse o diretor em parcerias em esportes para a América Latina, Leonardo Lenz Cesar.

“O Facebook, a maior rede social do mundo, conta com os direitos exclusivos de transmissão das partidas da Conmebol Libertadores às quintas-feiras até 2022. Estamos felizes em colaborar com o Facebook para chegar à maior quantidade de torcedores e vamos trabalhar juntos para encontrar oportunidades que facilitem essa transição rumo a uma nova forma de viver o futebol na era digital”, completou a entidade.

Diferentemente do que publicamos, o Fox Sports não herdará parte dos direitos. Desta maneira, ao menos por enquanto, a rede social segue sendo a plataforma exclusiva de exibição dos jogos do torneio às quintas-feira.

Mesmo com o anúncio das partes, é inegável que existe uma insatisfação por parte dos torcedores. Durante este curto período, apenas Cruzeiro e o Athletico puderam explorar o streaming na plataforma. No entanto, choveram críticas aos problemas de delay, travamento e má qualidade da imagem.