Patrocínio

As marcas que mais conquistaram títulos nas principais ligas europeias

Adidas e Emirates foram as que mais levantaram troféus nas principais competições da Europa

2 maio, 2019

Qual é o patrocínio (entre técnico e máster) de maior sucesso da Europa? Buscando responder esta pergunta, a agência de marketing esportivo CSM Sport and Entertainment apresentou um estudo que analisou as empresas mais bem sucedidas das cinco principais ligas do Velho Continente.




Para chegar ao resultado final, a CSM analisou as fornecedoras de material esportivo e marcas que patrocinam as camisas de clubes da Espanha, Inglaterra, Itália, Alemanha e França, além das três competições das quais a UEFA é organizadora.

Entre as parceiras técnicas, a Adidas domina o ranking com 240 títulos, com ampla vantagem em relação a Nike, que ocupa o segundo lugar com 142. A Umbro (101) fecha o TOP 3. Entre a alemã e americana, foram 47 finais, com nova vitória da Adidas por 25 a 22. A três listras é também a que mais vezes vestiu finalistas (54 decisões).

Na Espanha, a situação é diferente. Muito em função do acordo com o FC Barcelona, o swoosh bate a rival com 13 La Ligas, 8 Copas do Rei e 10 Super Copas, contra 11, 6 e 7, respectivamente.

Entre as patrocinadoras de camisa, a Emirates é a líder isolada com 37 conquistas entre competições locais e europeias desde 1971, ano que o francês Nimes Olympique inaugurou a exploração do local no futebol da Europa ao fechar com a Cacharel. A Bundesliga é a única liga que a companhia aérea não conseguiu levantar o caneco. Neste caso, pesa a supremacia do Bayern de Munique e o fato da empresa patrocinar o Hamburgo. Real Madrid, PSG, AC Milan, Chelsea FC e Arsenal sagraram-se campeões em seus países.

O segundo lugar é da empresa de telecomunicações Deutsche Telekom, que venceu 26 títulos graças ao acordo que mantém com o gigante bávaro desde 2002. A Opel, que marcou época nos uniformes de AC Milan, Bayern, Bordeaux e o PSG, fecha o TOP 3 com 23 títulos.

No estudo, a CSM exalta a importância das camisas ao longo dos anos. A agência as define como “os símbolos mais emblemáticos de um clube”. Para a agência, elas são um dos poucos elementos que, mesmo com as mudanças e adaptações, perduram ao longo do tempo.