Indústria

Ambev reverterá venda de águas na Copa América para projeto social

Ação vai levar água potável a cerca de 3 mil pessoas que vivem em comunidades rurais do semiárido brasileiro

17 jun, 2019

A Cervejaria Ambev encabeça uma ação durante a Copa América que vai levar água potável a cerca de 3 mil pessoas que vivem em comunidades rurais do semiárido brasileiro.

Além de ter a Brahma cerveja oficial do torneio, a Ambev escolheu a AMA (conheça clicando aqui) para ser a marca de água mineral oficial da competição. Criada em março de 2017, a AMA se diferencia por reverter 100% do lucro a projetos de acesso à água potável a pessoas e comunidades que não tem acesso a mesma. Com o lucro obtido nas vendas durante a Copa América, a Ambev espera financiar a construção de cinco sistemas de abastecimento em uma das regiões mais carentes de recursos de todo o território nacional.

“Participar da Conmebol Copa América Brasil 2019 é um marco na história da AMA. Fico muito feliz porque, junto com os torcedores, vamos levar água potável para muita gente que precisa. Conseguimos, com essa iniciativa, juntar a paixão que o brasileiro tem por futebol com o sonho que temos na Cervejaria Ambev: de unir as pessoas por um mundo melhor”, disse Richard Lee, head de sustentabilidade da Cervejaria Ambev.

De acordo com o site oficial, até aqui, a água mineral já arrecadou quase R$ 4 milhões, doados integralmente para 28 projetos em todos os nove estados que compõem o semiárido brasileiro. Até o momento, já são 26 mil pessoas beneficiadas, com expectativa de chegar a 35 mil até dezembro.

“O que conquistamos com a AMA até agora é incrível, mas sabemos que ainda tem muita gente sem acesso à água potável no semiárido. Temos um longo caminho pela frente e estamos empenhados em transformar essa realidade”, completou Lee.

Para a Copa América, a Ambev disponibiliza a água Ama nos estádios, bares no entorno dos jogos e nas Fan Fests promovidas pela Brahma. Pelo Brasil, ela é vendida em supermercados, bares e restaurantes de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia, Pernambuco e no Distrito Federal.