Indústria

CBF e governo discutem regras para que clubes se tornem empresas

Presidente da maior entidade de futebol do Brasil quer que investidores estrangeiros apostem no esporte do país

19 ago, 2019

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e os órgãos federais discutem algumas regras para que os clubes brasileiros se tornem empresas. As informações são do Blog do Rodrigo Mattos, que acrescenta que isto já é possível, mas que não existe uma regulação específica para essas transações.

Rogério Caboclo, atual presidente da CBF, e Rodrigo Maia, presidente da Câmara, já têm feito encontros para tratar do assunto. Para Caboclo, este é um dos temas mais importantes para o desenvolvimento do futebol brasileiro e que deve ser feito com profissionalização para atrair investimentos para os clubes.

Na Inglaterra, por exemplo, não há restrições para a compra de um clube por um estrangeiro. Chelsea e Liverpool são alguns dos clubes que possuem “donos” de outros países.

O blogueiro ainda destaca que uma das questões discutidas foi a anistia temporária de impostos para as agremiações que optarem em se tornar empresa. A mudança para clube-empresa não prevê obrigatoriedade, mas sim regras para a operação.