Patrocínio

New Balance quer seguir com o Liverpool e leva renovação para a justiça

Fruto de uma cláusula contratual, marca exerceu prioridade na extensão e igualou oferta da Nike

24 set, 2019

O MKTEsportivo já fala desde abril (e depois agosto) sobre o interesse da Nike em assumir o uniforme do Liverpool. E o caso ganha cada vez novos capítulos e promete se arrastar ainda por um tempo. Segundo o jornal inglês “Mirror”, as partes já chegaram a um acordo e o swoosh assumirá o uniforme dos Reds a partir da próxima temporada. O atual contrato com a New Balance expira em junho de 2020.




De acordo com a publicação, a Nike está disposta a bater os £ 75 milhões anuais que o Manchester United recebe da Adidas. Se confirmado, será um valor recorde no futebol inglês e o terceiro maior do futebol mundial, perdendo apenas para o Barcelona, que tem contrato de US$ 122 milhões por ano com a própria Nike, e do Real Madrid, que recebe US$ 134 milhões por temporada da Adidas (e que pode chegar a US$ 170 milhões dependendo dos bônus e vendas).

Por outro lado, a New Balance está ciente que não pode perder o Liverpool se deseja seguir na primeira prateleira do futebol mundial e está até mesmo levando o caso para os tribunais por conta da negociação com a Nike. Para ela, a cláusula de prioridade na renovação já foi ativada e o clube notificado.

“Como patrocinador comprometido e de longa data, queremos continuar com nossa forte parceria com o Liverpool e renovar nosso contrato em 2020. De acordo com nosso contrato atual, podemos rebater a oferta feita pela Nike. Como parte do processo de renovação do contrato, o clube pôs em questão elementos do contrato e, como tal, estamos pedindo aos tribunais esclarecimentos sobre este caso. Nós e o clube queremos resolver todos os desafios contratuais o mais rápido possível e concordamos com um processo acelerado nos tribunais. A New Balance está ansiosa e confiante em manter seu patrocínio ao Liverpool, e esperamos continuar nosso sucesso como fornecedor de uniformes do clube”, disse a New Balance ao The Athletic.

“”Podemos confirmar que nosso fornecedor de uniformes, a New Balance, iniciou uma disputa legal contra o clube. Não faremos mais comentários durante esses procedimentos legais”, disse um porta-voz dos Reds. Com a prioridade na renovação, a atual patrocinadora terá que aumentar substancialmente os £ 45 milhões por ano para igualar (ou superar) a proposta da Nike.

Internamente, mesmo que na New Balance iguale o valor, o Liverpool deseja fazer parte do mesmo portfólio de FC Barcelona, PSG, Chelsea & cia por dois motivos: a ampla rede de distribuição global da Nike e sua presença nos principais mercados.

Impulsionado pelo título da última Champions League e por nomes como Jurgen Klopp, Mohamed Salah, Virgil van Dijk e Roberto Firmino, os Reds parecem ter reforçado sua capacidade de garantir um contrato que o colocaria na elite do fornecimento de material esportivo.