Patrocínio

O fim de um dos patrocínios mais icônicos do futebol mundial?

Gazzetta dello Sport destaca que um grupo imobiliário chinês pode assumir a camisa da Inter de Milão em 2021

19 set, 2019

Uma das parcerias mais icônicas do futebol mundial pode estar perto do fim. De acordo com Gazzetta dello Sport, o grupo imobiliário chinês Evergrande pode se tornar o patrocinador máster da Inter de Milão a partir de 2021.

Ainda segundo o jornal italiano, a negociação já está em andamento nos bastidores com as partes definindo quais plataformas a empresa poderá explorar no futuro. O atual contrato da marca de pneus com o clube termina em 2021.

A Pirelli está na camisa da Inter de Milão desde 1995/96. Na última renovação ficou acordado que o clube receberia € 10.5 milhões por ano. No entanto, o proprietário do time, Zhang Jindong, espera um contrato mais valioso para figurar na mesma prateleira que outros grandes do continente.

O Evergrande está no futebol desde 2010, quando adquiriu o atual Guangzhou Evergrande, comandado pelo ex-zagueiro Fabio Cannavaro. No passado, o promotor imobiliário trabalhou em estreita colaboração com a empresa de Jindong, Suning Holdings Group, que adquiriu uma participação majoritária na Inter por € 270 milhões em junho de 2016.