Indústria

Após falência de operadora de turismo, Manchester United dará passagens aos torcedores

Fãs que compraram pacotes de ingresso e transporte pela Thomas Cook terão aeronave gratuita

1 nov, 2019

O Manchester United está oferecendo viagens gratuitas aos fãs que reservaram passagens através da Thomas Cook para o jogo da volta na Europa League diante do Astana, no Cazaquistão, em 28 de novembro.

A operadora de turismo britânica, parceira dos Red Devils, decretou falência em setembro, deixando centenas de fãs do clube sem passagens e ingressos para as partidas reservadas por meio do serviço da empresa.

De acordo com o Manchester United, a Thomas Cook “havia pré-vendido um lote de ingressos e hospitalidade para vários jogos em casa nesta temporada, além de pacotes de viagens para a partida da volta contra o Astana”.

Para não prejudicar seus torcedores, o clube fretará um avião para aqueles que apresentarem o comprovante de reserva com a Thomas Cook possam viajar gratuitamente. O United ainda informou que torcedores com ingressos, mas sem transporte, também poderão solicitar assentos na aeronave.

“Estamos trabalhando em vários planos de contingência para minimizar o impacto da situação de Thomas Cook para nossos apoiadores. Temos o prazer de confirmar que o Manchester United fará uma viagem de cortesia ao próximo jogo contra o Astana, no Cazaquistão, para aqueles que foram afetados pela insolvência de Thomas Cook”, disse um porta-voz do gigante inglês.

A interrupção súbita das operações da Thomas Cook, que decretou falência após 178 anos no mercado, provocou a maior operação de repatriação em massa de britânicos desde a 2ª Guerra Mundial. Em setembro, a empresa confirmou que, somando todos os destinos e nacionalidades, tinha quase 600 mil turistas de férias pelo mundo, sendo 150 mil britânicos.