Patrocínio

Manchester United pode bater recorde ao trocar Chevrolet por Haier

Imprensa especula acordo de £ 70 milhões entre clube e marca chinesa

26 nov, 2019

Em outubro, o MKTEsportivo adiantou a possibilidade da Chevrolet não seguir no espaço máster da camisa do Manchester United. Fruto da péssima fase que o clube inglês atravessa nos últimos anos, a montadora começou a trabalhar com a possibilidade de não renovar o acordo válido até o final de 2020/2021.

A questão, no entanto, é que ainda havia chances de uma renovação por conta do bom relacionamento desde a assinatura da parceria em 2012, que teve início em 2014, e também da falta de interesse uma possível marca para substituir a Chevrolet. No entanto, o cenário mudou com a possível oferta vinda do mundo asiático.

De acordo com a imprensa britânica, a Haier, multinacional do setor de eletrônicos de consumo e eletrodomésticos, sediada em Qingdao, será a nova patrocinadora máster do United. Especula-se que o contrato seria fechado por £ 70 milhões anuais, o que seria um recorde para o clube e deixaria para trás o que a montadora americana paga atualmente (£ 64 milhões por ano). Além disso, em escala global, o valor seria o maior pago por um patrocinador em todo o esporte mundial.

A possível tabelinha entre United e Haier bateria o que Real Madrid e Barcelona recebem de Emirates e Rakuten, respectivamente. Os merengues embolsam € 70 milhões (£ 60 milhões) anuais, enquanto os catalães faturam € 55 milhões (£ 47 milhões) por ano.

O The Sun não soube informar se os Red Devils tentarão antecipar o término do contrato com a Chevrolet para iniciar a parceria com a Haier o quanto antes. Outras dúvidas são o tempo de contrato e se a multinacional chinesa vai optar por usar o próprio logotipo ou se vai preferir utilizar uma de suas marcas próprias, como GE Appliances, Hotpoint, Hoover, Candy e Fisher & Paykel na camisa da equipe.