Indústria

StubHub será da Viagogo por US$ 4 bilhões

Ambas empresas são especializadas na venda e revenda de ingressos

StubHub será da Viagogo por US$ 4 bilhões

27 de novembro de 2019

2 minutos de Leitura

A Viagogo, plataforma de ingressos on-line, desembolsará US$ 4 bilhões para comprar a operação da StubHub. O negócio representa uma valorização de mais de dez vezes do valor da empresa, comprada por US$ 310 milhões pelo eBay em 2007.

Atualmente, a Viagogo é encabeçada por Eric Baker, que foi cofundador da empresa adquirida. Segundo o executivo, o negócio vai beneficiar os torcedores.

“Os compradores terão maior variedade de ingressos, e os vendedores terão uma rede maior de compradores. Reunir essas duas empresas cria uma vantagem para os fãs, que terão mais opções e melhores preços”, disse o profissional.




Por conta do anúncio, as ações do eBay subiram 3%. Ele está sujeito à aprovação regulatória. A marca está sob pressão de seus investidores Elliot Management Corp e Starboard Value para vender operações selecionadas, incluindo a StubHub.

Importante lembrar que o negócio ocorre logo após a autoridade de concorrência do Reino Unido suspender a ação legal contra a Viagogo após fazer mudanças operacionais. A empresa foi criticada pela Autoridade de Concorrência e Mercados, e pediu a ela que melhorasse a maneira como forneciam informações sobre os tíquetes.

A Viagogo também enfrentou problemas judiciais no esporte no ano passado. Em junho, a FIFA apresentou uma queixa criminal na Suíça, em um esforço para reprimir as vendas infladas e não autorizadas de ingressos para a edição da Copa do Mundo da Rússia.

“Desde então, fizemos uma quantidade considerável de mudanças no site e abordamos uma quantidade considerável de preocupações que os reguladores têm visto no mundo”, destacou Cris Miller, diretora da Viagogo.

Compartilhe