Indústria

Charlotte terá 30ª e última franquia da Major League Soccer

David Tepper, proprietário do Carolina Panthers, da NFL, desembolsará US$ 325 milhões para abrigar o novo time de futebol

18 dez, 2019

A especulação é antiga e agora tornou-se oficial: Charlotte será a 30ª e última franquia da Major League Soccer. David Tepper, proprietário do Carolina Panthers, da NFL, desembolsará o valor recorde de US$ 325 milhões para abrigar o novo time de futebol.

Conforme o MKTEsportivo havia informado, Tepper vinha tentando há um bom tempo garantir o apoio da prefeitura de Charlotte nesta jornada e pedia uma “auxílio” de US$ 215 milhões. Na semana passada, o conselho da cidade prometeu US$ 110 milhões. Diante do valor, o executivo decidiu investir um valor que ficará muito acima do esperado pela MLS. Para efeito comparativo, Saint Louis e Sacramento, que ficaram com a 28ª e 29ª vagas, por exemplo, pagaram US$ 200 milhões cada uma.

Leia também: Pioneiro, Los Angeles FC fecha primeiro patrocínio de manga da MLS

Leia também: MLS vira palco para investimentos de celebridades

“A concessão de uma equipe de expansão para Charlotte pela Major League Soccer é um momento de orgulho e cheio de significado para Charlotte e todos da nossa comunidade. Há muito tempo deixo claro que tenho dois objetivos como proprietário de equipe: vencer em campo e fazer a diferença na comunidade. Esses serão nossos objetivos com a equipe da MLS de Charlotte, com o trabalho começando hoje”, disse Tepper, que adquiriu o Carolina Panthers em maio de 2018 também por um valor recorde (US$ 2,2 bilhões).

Com o negócio, Charlotte desembarca na liga em 2021, mesmo ano definido para a estreia da 27ª, sediada em Austin, no Texas, e um ano antes de Saint Louis e Sacramento. Já as franquias de Nashville e Miami (Inter Miami), 25ª e 26ª, respectivamente, deverão estrear já em 2020.

“Nas últimas duas décadas, Charlotte experimentou uma enorme energia e crescimento, que coincide com o aumento explosivo da popularidade do futebol nos Estados Unidos. Temos o prazer de adicionar David Tepper ao nosso grupo de proprietários e esperamos trabalhar com ele e toda a sua organização para lançar a Major League Soccer nas Carolinas do Norte e do Sul em 2021”, completou Don Garber, comissário da MLS.

O novo time de Charlotte na MLS terá como casa o Bank of America Stadium, que tem capacidade para 75 mil espectadores e também recebe o Carolina Panthers na temporada da NFL.