Indústria

Red Bull inicia reforma do estádio do Bragantino para Brasileirão

Time assume nome Red Bull Bragantino em janeiro e inicia modernização do Nabi Abi Chedid

3 dez, 2019

Logo após o Bragantino terminar sua temporada na Série B do Brasileirão sagrando-se campeão, a Red Bull iniciou o projeto de reforma do Estádio Nabi Abi Chedid, que está sendo remodelado para receber o “novo” Red Bull Bragantino. As obras durarão dois anos e resultará em uma arena para 20 mil torcedores. Ela não irá impedir jogos da equipe.




Segundo o CEO do Red Bull Bragantino, Thiago Scuro, o trabalho será iniciado no primeiro trimestre de forma gradativa. A ideia é apresentar no começo do ano o projeto de como ficará o local após a reforma.

“Não temos nenhuma pretensão ou objetivo de tirar os jogos aqui de Bragança. Estamos trabalhando para deixar o estádio cada vez mais confortável e estamos construindo uma relação com a CBF para mostrar nosso plano e o quão ambicioso é nosso projeto para o estádio. Vamos estabelecer um plano de intervenções gradativas”, disse o executivo, em entrevista coletiva para falar dos projetos do time para 2020.

Para o profissional, a remodelação impactará o âmbito de negócios do time, podendo oferecer aos parceiros “outras ativações de marca e negócios”. A reforma do estádio era vista como prioridade para o Red Bull quando adquiriu o Bragantino. De imediato, a empresa de energéticos irá reformar a areá do vestiário e os bares do Nabi Abi Chedid.

Por fim, Scuro aproveitou a coletiva para anunciar que o Red Bull Bragantino terá um time feminino próprio, mas que não ficará em Bragança Paulista.