Indústria

Com novo presidente, Boca Jrs avança em projeto de modernizar a Bombonera

‘Bombonera 360’ culminará em uma moderna arena com capacidade para 80 mil torcedores

6 jan, 2020

Com a eleição do novo conselho de administração, o sonho da expansão do estádio do Boca Juniors, a icônica Bombonera, está mais perto do que nunca. Segundo o jornal Olé, o projeto, batizado de Bombonera 360, culminará com uma moderna arena com capacidade para 80 mil espectadores. O clube não terá que fechá-lo para as obras, que durariam três anos.

Os profissionais responsáveis pelo projeto fizeram uma espécie de censo nos lares que encontram-se nos arredores do estádio com o objetivo de gerar vínculo com o bairro e conhecer suas preocupações. Dada a necessidade de alterar as estruturas da região visando a ampliação, 85% dos lares concordaram em negociar com o clube.

Ao contrário de 2015, quando o então presidente Daniel Angelici tornou público seu desejo de construir um novo lar, desta vez, os três candidatos à presidência do Boca já haviam declarado serem à favor da expansão e contra a mudança de local. O Bombonera 360, que teve maior aceitação em pesquisas e redes sociais, é da chapa de oposição formada por Jorge Amor Ameal e Mario Pergolini, com o ídolo Juan Román Riquelme como segundo vice-presidente, que no início de dezembro de 2019 venceu o “oficialismo” (movimento da situação) de Christian Gribaudo e assumirá a presidência do Boca de 2020 a 2023.

Neste momento, está sendo formada a equipe de profissionais encarregados de negociar a compra das propriedades necessárias para o desenvolvimento do projeto. O desejo da nova presidência é que seja um trabalho auto-sustentável e, agora, trabalham na realização de um plano de financiamento que permita a ampliação sem o uso de dinheiro público. Assentos e camarotes estão em pré-venda e ajudarão nos custos.