Indústria

Barcelona desbanca Real Madrid e assume ranking global de faturamento

A edição 2020 do “Football Money League”, da Deloitte, traz o clube catalão no topo após vinte e três edições

14 jan, 2020

A Deloitte divulgou, na noite desta segunda-feira (13), o tradicional “Football Money League“, estudo anual que detalha o faturamento dos clubes mais ricos do mundo. E a edição 2020 traz uma novidade. Pela primeira vez em vinte e três edições do relatório, o Barcelona assumiu o topo do ranking.

O clube bateu a marca de € 840,8 milhões em receitas e desbancou o seu maior rival, o Real Madrid, que figurou em seguida com 757.3 milhões. A diferença de € 83.5 milhões é a maior entre campeão e vice na história. Combinado, o TOP 20 concentra um faturamento de € 9.3 bilhões. Destaque para os ingleses, com oito ingleses nas vinte primeiras colocações (cinco entre os dez) , quatro italianos, três alemães, três espanhóis e dois franceses.

Outra novidade foi a presença do Paris Saint-Germain entre os cinco primeiros colocados pela primeira vez desde 2015. Além disso, a equipe de Neymar, Mbappe & cia desbancou o Bayern de Munique (€ 356 milhões) e foi a segunda que mais faturou com acordos comerciais: € 363 milhões (57% da receita). O PSG perde apenas do FC Barcelona (€ 383 milhões).

Por fim, os direitos de transmissão seguem como carro-chefe entre as fontes de renda dos clubes, com 44%, seguido pela frente de patrocínio (40%) e matchday (16%).