Atletas

Nike suspende venda on-line de produtos relacionados a Kobe Bryant

Empresa optou por limitar a capacidade dos revendedores de estocar os produtos já existentes

28 jan, 2020

Dois dias após a morte de Kobe Bryant, a Nike, sua principal patrocinadora, decidiu tirar do ar todos os produtos relacionados ao ex-atleta do seu catálogo on-line nos EUA. Quando o usuário buscava, se deparava com um cartão-presente roxo e amarelo (cores do LA Lakers) da marca com o logotipo do time.

Segundo a ESPN americana, a gigante americana está reavaliando a estratégia que estava em andamento de lançar uma nova coleção de tênis com a assinatura de Bryant no próximo dia 7 de fevereiro. A assinatura, por sua vez, é um dos maiores sucessos da história da Nike e está entre as mais populares da liga. Enquanto está em dúvida sobre a programação, a empresa optou por limitar a capacidade dos revendedores de estocar os produtos já existentes, uma vez que, em 24 horas, já havia tênis sendo vendidos com um aumento de 200 a 300%.

“Não venderemos Kobes até novo aviso. Todos os Kobes foram retirados da loja e todos os pedidos on-line foram reembolsados”, anunciou a loja RIF Los Angeles, em comunicado.

“Devido à recente morte de Kobe Bryant e por respeito à sua família e legado, não permitiremos alterações de preços nos itens Kobe que são consignados”, revelou a Urban Necessities, loja localizada em Las Vegas.

Vale lembrar que Kobe Bryant não apenas um embaixador da marca, mas trabalhava ao lado de executivos, designers, desenvolvedores e funcionários desde que assinou contrato em 2003 para ter calçados que se adaptassem ao seu estilo de jogo.

“Estendemos nossa mais profunda simpatia às pessoas mais próximas de Kobe, especialmente sua família e amigos. Ele foi um dos maiores atletas de sua geração e teve um impacto incomensurável no mundo dos esportes e na comunidade do basquete. Ele era um membro amado da família Nike. Sentiremos muita falta dele. Mamba para sempre”, afirmou a Nike, em comunicado.