Patrocínio

Robert Kubica leva patrocínio para Alfa Romeo e segue na F1 em 2020

Polonesa PKN Orlen estará novamente com o piloto em seu novo desafio na categoria

8 jan, 2020

Décimo nono colocado (de vinte) entre os pilotos da temporada 2019 da Fórmula 1, Robert Kubica assegurou presença na categoria em 2020. O polonês será piloto reserva e de desenvolvimento da Alfa Romeo. O finlandês Kimi Raikkonen e o italiano Antonio Giovinazzi seguem como titulares.

A chegada de Kubica foi motivada por dois fatores principais: sua experiência (35 anos) e o fato de trazer consigo a empresa petrolífera polonesa PKN Orlen, que assumirá o naming right da escuderia que passa a se chamar Alfa Romeo Racing Orlen. Na última temporada, a Orlen esteve com Robert na Williams.

“Estou muito feliz por começar este novo capítulo da minha carreira com a Alfa Romeo Racing Orlem”, disse Kubica. “Esta equipe tem um lugar especial no meu coração e estou satisfeito de encontrar alguns rostos conhecidos dos meus anos aqui em Hinwil”, disse o piloto.

“Ele é um piloto que não precisa de apresentação, pois se trata de um dos mais brilhantes pilotos de sua geração e alguém que mostrou o verdadeiro significado da determinação humana em sua luta para voltar às corridas após o acidente. O retorno será inestimável à medida que continuarmos a buscar resultados para a equipe”, completou o chefe da equipe Alfa Romeo, Frederic Vasseur

A chegada de Kubica marca o seu retorno a escuderia que iniciou sua carreira na F1. O polonês fez sua estreia na principal categoria do automobilismo há 14 anos, quando tinha o nome de BMW Sauber. Em 2011, ele sofreu um grave acidente de rali, correu risco de morte e quase teve o braço direito amputado.

A Alfa Romeo terminou a última temporada da F1 em oitavo lugar com 57 pontos, à frente apenas da Haas (28) e Williams (1).