Patrocínio

McDonald’s foca no digital e fecha com seleções argentinas de futebol

Rede americana de fast-food americana terá exposição em todos os ativos digitais da AFA

3 fev, 2020

O McDonald’s é o novo patrocinador das seleções argentinas masculinas e femininas de futebol, das categorias de base ao profissional. O acordo valerá apenas para o âmbito digital e será válido por três anos.

Pelo acordo, a rede americana de fast-food americana terá exposição em todos os ativos digitais da AFA, além do direito de participar de campanhas e ativações envolvendo as seleções de futebol do país sul-americano.

“Estamos muito felizes em apresentar este novo contrato de patrocínio com uma marca como o McDonald’s, uma das empresas mais importantes do mundo e com presença global. Para a AFA, é um acordo estratégico dentro da nossa política de expansão mundial. Essas novas receitas comerciais são importantes para continuar fortalecendo a economia da AFA e consolidar todos os projetos que estamos realizando nesta nova etapa do futebol argentino. Com o McDonald’s, realizaremos campanhas diferentes que abrangem todas as equipes femininas e masculinas e que para nós representa um ponto-chave do nosso projeto”, disse Claudio Tapia, presidente da entidade que comanda o futebol argentino.

“Para o McDonald’s, é um orgulho apoiar a AFA e todas as equipes nacionais da Argentina. Somos uma marca com fortes raízes no país, portanto esse acordo tem um enorme valor simbólico para nós. Estar perto do esporte mais popular do mundo é uma maneira de continuar oferecendo experiências únicas às famílias argentinas. Como fizemos nos últimos anos, com vários patrocínios ao futebol nacional e às Copas do Mundo da Fifa, hoje estamos progredindo no apoio ao esporte para promover a atividade física”, completou Guillermo Córdoba, diretor geral da Arcos Dorados Argentina, empresa que opera a marca McDonald’s no país e em outros 19 mercados na América Latina e no Caribe.

Parceiro da Federação Inglesa (FA) e da Federação Australiana de Futebol (FFA), o McDonald’s chega como parte da estratégia comercial da AFA de internacionalizar o futebol argentino, passando pela melhora da imagem da entidade,que atravessou problemas financeiros, éticos e de corrupção nos últimos anos.