Indústria

Por experiência e formato, TNT tira comerciais do último período do All Star Game

Iniciativa do canal está em linha também com o desejo da NBA de prestar homenagens à Kobe Bryant

14 fev, 2020

A decisão da NBA de fazer o último quarto do All-Star Game ser decidido pelo número de pontos, e não por tempo, fez a TNT, que transmite a partida nos Estados Unidos, anunciar que não fará intervalos comerciais durante a transmissão do período.

Segundo a emissora, além de homenagear Kobe Bryant, o objetivo é apresentar o novo formato do evento e levar a melhor experiência possível aos fãs de basquete.

“Apresentar o último quarto completamente livre de interrupções comerciais cria uma oportunidade única de mostrar o novo formato All-Star Game, oferecer a melhor experiência para os fãs e alinhar-se aos planos gerais da liga para prestar homenagem a Kobe Bryant neste fim de semana”, disse Craig Barry, vice-presidente executivo e diretor de conteúdo da Turner Sports.

Como se sabe, o final de semana do All Star Game deste ano será especial por conta da tragédia ocorrida com o astro Kobe Bryant. De acordo com a NBA, cada quarto da partida será um “mini jogo” beneficente, em que o vencedor representará uma organização beneficente de Chicago selecionada pelos capitães dos times, LeBron James e Giannis Antetokounmpo. A organização selecionada pelo vencedor de cada um dos três primeiros quartos independentes receberá US$ 100 mil (um total de US$ 300 mil doados).

Já no último período não haverá tempo regressivo. Desta maneira, o time vencedor será o que atingir uma meta de pontuação, determinada pelo total de pontos que a equipe que estiver na liderança tiver marcado nos três primeiros quartos, somados aos 24 pré-estabelecidos do último quarto, alusão à camisa 24 usada por Kobe Bryant no Los Angeles Lakers.