Patrocínio

Celtic deixará New Balance e terá Adidas pelos próximos cinco anos

Clube fez questão de deixar claro que se trata do maior patrocínio de uniformes já fechado no esporte escocês

13 mar, 2020

O Celtic, time da elite escocesa, anunciou que não irá renovar seu acordo com o New Balance, que iniciou em 2015 e encerrará ao final da atual temporada, e migrará para a Adidas. O contrato irá iniciar partir de 1º de julho e será válido por cinco anos.

Sem valores divulgados, o Celtic fez questão de deixar claro que se trata do maior patrocínio de uniformes já fechado no esporte escocês. Caso se confirme, a alemã pagará mais do que os £ 30 milhões investidos pela fabricante americana nos cinco anos em que esteve com o time de Glasgow.

“Estamos muito satisfeitos em começar esta nova parceria de longo prazo com a Adidas, uma das principais marcas esportivas do mundo. Recebemos calorosamente a Adidas na Família Celtic e esperamos ansiosamente por uma parceria emocionante e bem-sucedida. Esta é uma nova parceria extremamente significativa para o Celtic e nossos torcedores, e nos permite olhar para o futuro com confiança. Ser capaz de criar esse novo relacionamento fantástico demonstra a força e a estabilidade do clube e o poder de nossa história duradoura”, disse Peter Lawwell, CEO do Celtic.

“A história bem-sucedida do futebol do Celtic e a ambição no futuro nos deixam extremamente entusiasmados por trabalharmos juntos para criar um novo capítulo com um dos clubes de futebol mais famosos do mundo. Estamos obcecados em ajudar os atletas a melhorar seu jogo. Esperamos apoiá-los em campo e estamos confiantes de que sua lendária base de fãs amará nossos projetos”, destacou a Adidas, por meio de um comunicado oficial.

Se o Celtic representará o aumento do portfólio da alemã no futebol europeu, por outro lado, será a segunda perda relevante da New Balance após deixar o uniforme do Liverpool para dar lugar à Nike.