Streaming

Facebook e Fox Sports renovam parceria para transmissão da Libertadores

Acordo envolve os países de língua espanhola do continente. Na prática, o único sul-americano que não entra no acordo é o Brasil

11 mar, 2020

Inicialmente válida somente para a fase de grupos, Facebook e Fox Sports manterão a parceria de transmissão da Copa Libertadores até, pelo menos, as quartas de final. O acordo é válido para os países de língua espanhola da América do Sul, como Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. No Brasil, além da dupla citada, Globo e Sportv possuem os direitos.

Na atual edição do torneio, o Facebook Watch conta com mais jogos ao vivo em sua plataforma, sempre às terças e quartas-feiras, enquanto a Fox Sports terá exclusividade em duelos de quinta-feira. No caso da rede social, as partidas estão disponíveis nos perfis oficiais do canal e do torneio.

“A última temporada dos Libertadores nos mostrou como os fãs de esportes se envolveram através de novas formas sociais com o campeonato, com milhões de pessoas se reunindo para acompanhar os jogos no Watch. Estamos entusiasmados por renovar essa parceria com a Fox Sports e trazer ainda mais oportunidades para os fãs se conectarem com o torneio no Facebook”, comentou Leonardo Lenz, diretor de associações esportivas do Facebook para a América Latina.

“Na Conmebol, estamos comprometidos com a promoção e exibição de futebol sul-americano dentro e fora de nossas fronteiras, por isso estamos especialmente felizes em renovar acordos como este com o Facebook Watch e Fox Sports que traga a grande celebração dos Libertadores aos fãs de todos através de novas plataformas digitais”, disse Juan Emilio Roa, diretor comercial e de marketing da Conmebol.

Facebook e Fox Sports detêm os direitos da Copa Libertadores até 2022. A dupla firmou uma parceria de compartilhamento de conteúdo para a competição no ano passado com objetivo de aumentar o número de jogos exibidos em suas plataformas.