Futebol

Grupo dono do Manchester City pode comprar Nancy, da segunda francesa

Negociação, paralisada por conta da pandemia, deve ser concretizada em breve

29 abr, 2020

Mesmo com o futebol mundial paralisado, o City Football Group (CFG) não deixa de lado o seu objetivo de crescer cada vez mais a partir da compra de clubes. Agora, o grupo dono do Manchester City, está prestes a adquirir o Nancy, que disputa a Ligue 2 (segunda divisão francesa).

De acordo com o atual presidente do time, Jacques Rousselot, o acordo já teria sido fechado no final de março, mas foi suspensa por conta da pandemia.Em entrevista concedida ao jornal francês L’Équipe, Rousselot mostrou cautela sobre o futuro, mas acredita na conclusão do negócio. Os valores envolvidos giram em torno de € 14 milhões.

“Ainda queremos adquirir o Nancy. Estamos diante de uma crise global. Hoje, existem aspectos sobre os quais não temos controle, mas, apesar disso, não mudamos de direção”, destacou o City Football Group, em um comunicado publicado pelo mesmo L’Équipe.

O portfólio do CFG, além de possivelmente o Nancy, possui o Manchester City (Inglaterra), New York City (EUA), Melbourne City (Austrália), Yokohama F. Marinos (Japão), Guayaquil City (Equador), Montevideo City Torque (Uruguai), Girona (Espanha), Mumbai City (Índia) e Sichuan Jiuniu (China).