Futebol

Juntos desde 2017, Banco Inter renova patrocínio máster com São Paulo

Clube paulista e empresa seguirão juntos até o final da atual temporada

9 abr, 2020

Na contramão da crise causada pela pandemia do novo coronavírus, o Banco Inter anunciou, nesta quinta-feira (9), a renovação do seu patrocínio máster ao São Paulo. Inicialmente válido até o final deste mês, o aporte será válido até dezembro deste ano. O período culminará com o fim da gestão do presidente Leco.

O contrato rende R$ 17 milhões anuais ao São Paulo, sendo R$ 14 milhões fixos e mais R$ 3 milhões em bônus.

“Estamos muito felizes por anunciar a renovação com o Banco Inter, uma empresa que desenvolveu uma parceria muito forte com a torcida e com o São Paulo. Continuaremos unidos para trazer ainda mais benefícios para todos os são-paulinos”, declarou João Fernando Rossi, diretor-executivo de marketing do São Paulo.

“Desde o início do contrato, procuramos estabelecer uma relação que fosse muito além da exposição na camisa. Queríamos uma relação de parceria, oferecendo benefícios para o clube e para a torcida. E, neste momento difícil, não poderíamos deixar de lado a relação de confiança que construímos com todos os são-paulinos. Seguiremos juntos”, completou em comunicado João Vitor Menin, CEO do Banco Inter.

Juntos desde 2017, a parceria foi colocada em dúvida recentemente após quase renovarem no final do ano passado. A reviravolta ocorreu por conta do cenário adverso que vive o mundo esportivo. No entanto, a renovação deve trazer outra boa notícia aos tricolores: a permanência da MRV. Vale lembrar que as duas marcas têm os mesmos donos. O vínculo com a empresa de engenharia se encerra em junho.

Hoje, o uniforme São Paulo carrega nova patrocinadores. São eles: Banco Inter (máster), MRV (ombro), AOC (peito), Urbano (manga), Gazin Colchões (barra traseira), SPFC Chip (calção frontal), Cartão de Todos (calção frontal), Betsul (calção traseira), Cimento Cauê (manga).