Futebol

Governo libera esporte na Inglaterra em junho e Premier League prepara retorno

Autoridades publicaram um documento de 50 páginas detalhando as medidas para afrouxar o isolamento social

12 maio, 2020

A Premier League recebeu autorização para voltar, com portões fechados, a partir de 1º de junho. O sinal verde foi dado pelo governo do Reino Unido, que indicou que nenhum evento esportivo deve ser realizado até o próximo mês. As autoridades publicaram um documento de 50 páginas detalhando as medidas para afrouxar o isolamento social.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, estabeleceu um roteiro para aliviar as restrições do lockdown na noite de domingo (10), e um relatório completo foi publicado nesta segunda-feira (11). Apesar do aval para o início de junho, esse prazo pode ser estendido, uma vez que o governo irá avaliar a situação dia a dia, com uma escala de risco de 1 a 5 atualizada constantemente. Caso o afrouxamento leve a um aumento no número de casos e mortes, a tendência é que novos prazos sejam definidos.

Neste momento, a Premier League debaterá com clubes e jogadores as medidas mais seguras para retomar o Campeonato Inglês. A imprensa inglesa acredita que o torcedor volte aos estádios somente após a criação de uma vacina.

A elite da Inglaterra está paralisado desde o dia 13 de março por conta da pandemia do novo coronavírus e ainda tem nove rodadas a serem disputadas, com um total de 92 jogos.

Sobre outras ligas, a Bundesliga já confirmou o seu retorno para o próximo final de semana. A LaLiga (Espanha) e a Serie A (Itália) aguardam para seguir o mesmo caminho no início de junho. Já a Ligue 1 (França) e da Eredivisie (Holanda) optaram pelo cancelamento da temporada. Na semana passada, Portugal decidiu encerrar a disputa da Segunda Liga, a segunda divisão do país, mas ainda pretende seguir com a primeira divisão.