Indústria

‘The Last Dance’ impulsiona Nike e venda de produtos do Chicago Bulls

Marca americana foi o grande destaque no quinto episódio da série sobre Michael Jordan

20 maio, 2020

Se tem alguém que não tem do que reclamar sobre o absoluto sucesso de ‘The Last Dance‘, que foca na vitoriosa carreira de Michael Jordan e no Chicago Bulls da década de 90, esse alguém é a Nike.

Leia também: Após ‘The Last Dance’, ESPN não pensa em novas parcerias com Netflix

O quinto episódio da série, que motivou até mesmo um conteúdo especial no MKTEsportivoCast, mostra o impacto do camisa 23 no mercado publicitário focando, principalmente, nos seus acordos com a Nike e a Gatorade. Como os calçados de Michael Jordan revolucionaram e ditaram tendência no varejo esportivo, o swoosh acabou se destacando.

De acordo com a empresa de monitoramento Gum Gum Sports, as marcas Nike e Jordan receberam mais de nove minutos de exposição no quinto episódio, o que gerou um valor de mídia de US$ 487 mil. Além disso, a StockX, plataforma americana especializada em venda de calçados, registrou a cada novo episódio exibido um incremento de 76% no acesso ao catálogo de produtos relacionados ao astro.

Em um período de recessão mundial, o conteúdo produzido pela ESPN e distribuído pela Netflix impulsionou também o mercado de licenciamento, com o Chicago Bulls vendendo cerca de 45% mais nos EUA e aproximadamente 650% no Brasil.