Indústria

CBV cria plataforma de relacionamento “Sou Mais Vôlei”

O objetivo é oferecer aos fãs conteúdo relevante e a possibilidade de resgatar experiências e produtos exclusivos

CBV cria plataforma de relacionamento “Sou Mais Vôlei”

17 de junho de 2020

3 minutos de Leitura

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) lançou o “Sou Mais Vôlei”, que tem como principal objetivo ser a plataforma oficial de relacionamento do vôlei brasileiro. A iniciativa é fruto de uma parceria da entidade com a ACE Esportes e Entretenimento, que tocará o projeto.

De acordo com a agência, o principal objetivo é oferecer aos fãs conteúdo relevante e a possibilidade de resgatar experiências e produtos exclusivos. Além disso, o projeto traz uma campanha de doação, que visa ajudar as cerca de 2.200 crianças atendidas pelo VivaVôlei, braço social da entidade que comanda a modalidade em território nacional.

“O vôlei nacional é motivo de orgulho. De acordo com pesquisas recentes, de cada dez brasileiros, seis demonstram grande interesse na modalidade. Acreditamos que uma plataforma única de relacionamento potencializará essa paixão e aproximará também grandes marcas. O ‘Sou Mais Vôlei’ é um programa onde o fã, a CBV, os atletas, patrocinadores e equipes terão espaço para mostrar sua relação com o voleibol, recebendo em troca conteúdos, sejam eles de entretenimento ou serviço. E isso gera um engajamento genuíno”, disse Cristina Tosta Mosciaro, sócia da ACE Esportes e Entretenimento.

“Nesse momento de distanciamento social, e ainda sem saber quando poderemos ter nossos ginásios cheios novamente, sabemos da importância de um espaço de relacionamento com os fãs, além das quadras. Com apoio dos nossos patrocinadores, sempre procuramos ir além das competições profissionais e de base que promovemos pelo Brasil, como em todas as iniciativas do Instituto VivaVôlei. Acreditamos que a grande paixão que o brasileiro tem pela nossa modalidade fará desse projeto um sucesso. Esperamos também que abracem a campanha de doação, do vôlei para o vôlei, e que possamos ajudar o máximo possível de alunos dos projetos sociais”, completou Radamés Lattari, diretor executivo da CBV.

A iniciativa contará com uma dinâmica simples de acúmulo de pontos, em que quanto mais interações, maior o saldo. O usuário poderá fazer resgates de prêmios, que vão desde itens dos ídolos da modalidade e do time do coração até a presença e participação em eventos oficiais. Uma rede de descontos também já está disponibilizada para os fãs a partir de um cadastro simples no programa.

Para fidelizar os usuários, a “Sou Mais Vôlei” promete conteúdo exclusivo em texto e vídeo constantemente, além de apostar na gamificação de algumas atividades e também com ações sociais. A primeira delas busca ajudar as mais de 2.200 crianças e adolescentes, de 7 a 14 anos, de 24 centros atendidos pelo Instituto VivaVôlei. O montante arrecadado com a ação será revertido em cestas básicas e itens de higiene para as famílias dos alunos.

Compartilhe