Futebol

Com campo neutro, Uefa quer Champions League com jogos únicos até a final

Com o término das competições nacionais até o final de julho, a ideia é usar o mês de agosto para focar apenas nos torneios continentais

3 jun, 2020

A Uefa planeja uma espécie de “superagosto” para terminar a temporada 2019/2020 da Champions League. De acordo com o jornal espanhol Mundo Deportivo, a entidade estuda realizar as quartas de final e as semifinais do torneio da mesma forma como é disputada a final, ou seja, com jogo único em um estádio neutro.

Nos bastidores, a ideia agrada, já que, dessa forma, seriam eliminadas duas datas, o que deixaria a situação próxima de ser resolvida. Além dos quatro jogos restantes para definir os últimos quadrifinalistas, seriam necessárias apenas mais três datas: uma para as quartas de final, uma para as semifinais e mais uma para a final.

Com o término das competições nacionais até o final de julho, a ideia é usar o mês de agosto para focar apenas nos torneios continentais, com a final especulada para 22 ou 29 de agosto. Para facilitar a logística, seria escolhida apenas uma cidade para abrigar todos os jogos das quartas de final em diante. Istambul, na Turquia, onde seria realizada a final, está praticamente descartada. Sempre segundo a publicação, Lisboa é a favorita. Como Portugal não tem mais nenhum representante no torneio, o Estádio da Luz seria opção. Madrid, com o Wanda Metropolitano, que recebeu a final da temporada passada, e Munique, com a Allianz Arena, correm por fora.

O futuro da Champions League e Europa League 2019/2020, devem ser definidos no próximo dia 17 de junho, quando a UEFA saberá que todas as ligas nacionais realmente serão encerradas até o final de julho. Nesse dia, a entidade fará uma reunião virtual para fechar e anunciar os detalhes de ambos torneios.