Indústria

DAZN planeja vender Goal.com ao TPG Capital por US$ 125 milhões

O objetivo da negociação seria a empresa se concentrar apenas nos negócios relativos ao streaming, seu carro-chefe

4 jun, 2020

De acordo com o jornal The New York Times, o fundo de investimentos TPG Capital, sediado em San Francisco, nos Estados Unidos, está em negociações avançadas com o DAZN para adquirir o portal Goal.com por aproximadamente US$ 125 milhões.

Nos bastidores, a plataforma de streaming já havia deixado claro seu interesse na negociação, tendo inclusive já conversado com a própria TPG Capital. O objetivo seria se concentrar apenas nos negócios relativos ao streaming, carro-chefe da empresa.

Sempre segundo o The New York Times, a TPG Capital negocia por meio de uma de suas filiadas, desconhecida até então. Caso a venda seja concluída, o DAZN já teria se comprometido a continuar auxiliando o site ao menos durante um período.

Recentemente, o Financial Times informou que o DAZN estaria em busca de injeção de capital para cobrir os prejuízos financeiros causados com a paralisação do esporte mundial por conta da pandemia do coronavírus. Com uma queda substancial na base de assinantes por conta da interrupção de transmissões ao vivo, a plataforma busca seguir ativa nos seus mercados de atuação.

Lançado em 2004, o Goal.com está disponível atualmente em 19 idiomas. O site foi adquirido pelo Perform Group, dono do DAZN, em 2007 por US$ 22,5 milhões. Depois, em 2018, quando o grupo dividiu os ativos para criar duas divisões separadas, o Goal.com, assim como o SportingNews e o Spox.com, foi alojado dentro do DAZN Group, que também inclui todo o negócio de streaming e as operações de parcerias de direitos globais.